Últimas

"Quem vai pagar o aumento para o STF é a população", diz Bolsonaro




Após a decisão do presidente Michel Temer (MDB) de sancionar o reajuste de 16,38% para os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), salários mais altos do poder público, Bolsonaro disse em entrevista que quem vai pagar é toda a população brasileira e que a sua responsabilidade nessa área começa a partir de 1º de janeiro do ano que vem.

Desde o princípio, o presidente eleito é contra o aumento, pois sempre falou sobre a penalização financeira para a população que não tem aumento salarial dígno e pelo momento de crise financeira enfrentada pelo país, causado pela corrupção do governos anterior.



É esperado que o aumento no Supremo produza o chamado "efeito cascata", levando a reajuste em diversas carreiras na Justiça, como juízes e promotores de todo o país. Estudos das consultorias da Câmara e do Senado apontam um aumento de cerca de R$ 4 bilhões nas contas públicas.


Nenhum comentário