Últimas

Google é acusado de espionar usuários na Europa

Sete países da Europa Noruega, Holanda, Polônia, Grécia, República Tcheca, Eslovênia e Suécia apresentaram uma denúncia a organismos de regulamentação na qual acusam o Google de espionar seus usuários, o que violaria a nova norma de proteção de dados, anunciou o Escritório Europeu da União de Consumidores. A denúncia afirma que o grupo americano "utiliza informações enganosas para que os usuários sejam constantemente vigiados".

"O acompanhamento constante da localização e o acúmulo de dados de localização podem ser utilizados para fazer um retrato muito detalhado dos indivíduos, o que pode permitir conhecer suas crenças religiosas, tendências políticas e sua orientação sexual, entre outras coisas", afirma.


O Google também é acusado de monitorar as atividades dos usuários por meio do histórico de localizações e da atividade na web e de aplicativos, presentes em todas as contas do Google. As organizações pedem o início de uma investigação para que o Google abandone as práticas ilegais e a aplicação de uma multa dissuasória contra a multinacional.


Nenhum comentário