Últimas

Empresa chinesa devolve milhões de euros após título mundial da França


No total, o grupo Vatti deverá reembolsar mais de 10 milhões de euros (43 milhões de reais) a seus clientes.




Uma empresa chinesa de eletrodomésticos que patrocina a seleção francesa de futebol já devolveu 7,7 milhões de euros (cerca de 33 milhões de reais) para cumprir uma promessa. O grupo de eletrodomésticos Vatti se comprometeu a reembolsar seus clientes no valor das compras realizadas durante a Copa do Mundo da Rússia caso a França conquistasse o título. 


 “O valor a pagar poderia ser muito importante, mas está previsto no orçamento anual”, relativizou um dos diretores da empresa, Wang Zhaozhao, nesta segunda-feira. “As consequências não serão desastrosas para nós”, completou. 

As vendas da Vatti aumentaram à medida que a França avançava no Mundial e se aproximava da conquista de seu segundo título, o que finalmente aconteceu com a vitória de 4 a 2 sobre a Croácia na final. No total, o grupo Vatti deverá reembolsar mais de 10 milhões de euros (43 milhões de reais) a seus clientes.


Nenhum comentário