Últimas

Novo golpe no WhatsApp promete resgate de R$ 1.900 do FGTS





Se você receber uma mensagem no WhatsApp envolvendo o FGTS, cuidado. O mais novo golpe envolvendo o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço já atingiu mais de 70 mil usuários.

A fraude, identificada pelo laboratório de segurança da Psafe, promete o resgate de valores de até R$ 1.900 a pessoas que trabalharam no regime da CLT entre 1998 e 2018.


Segundo a empresa, o golpe envolve um link malicioso. Ao clicar, a vítima é direcionada para uma falsa página e induzida a responder perguntas. Ao final, ela precisa compartilhar o falso benefício com seus contatos do WhatsApp para ter acesso ao dinheiro.

O principal objetivo do golpe é o cadastro em serviços de SMS pago sem o conhecimento da vítima.

Segue o texto que circula no aplicativo:



"Quem trabalhou entre 1998 a 2018 com carteira assinada pode receber na caixa 2 salários minimos [sic]. Confira se seu nome tá [sic] na lista dos que podem sacar os R$ 1908,00". 

 Observe que há erros de acentuação e abreviações de palavras. Por isso, desconfie de qualquer mensagem que sigam padrões como esse. Outro modo de evitar golpes assim é procurar orientações nos sites oficiais dos serviços. Neste caso, a Caixa Econômica Federal.





Nenhum comentário