Últimas

Laudo aponta possível sabotagem em avião de Eduardo Campos




Em agosto de 2014, cerca de dois meses antes da eleição presidencial, a tragédia envolvendo o então candidato Eduardo Campos chocou o Brasil.

Na época, a então presidente Dilma e candidata a reeleição baixou decreto para que as investigações ficassem em sigilo.

Eduardo Campos crescia potencialmente nas pesquisas para presidente e era o concorrente mais forte do PT, por ser nordestino e fazer um governo com quase 90% de aprovação em Pernambuco.

O avião que levava o político pernambucano caiu em Santos, no litoral paulista, matando também outras seis pessoas.

 Nesta semana, peritos contratados pela família do ex-candidato divulgaram um laudo que aponta uma possível sabotagem na aeronave. Segundo o documento, os sensores de velocidade estavam desligados, o que pode ter influenciado os pilotos a tomarem decisões erradas.



SBT Jornalismo





Nenhum comentário