Últimas

Flávio Dino e mais 8 governadores foram barrados na visita a Lula em Curitiba




Frustrados por terem sido barrados em visita a Lula, governadores afirmam ter registrado ‘indignação’ na Polícia Federal.

Encabeçado pelos senadores Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidente do PT, Lindbergh Farias (PT-RJ), e pelo senador Roberto Requião (MDB-PR), que pela manhã havia solicitado na Justiça Federal o direito da visita, a comitiva contou com nove governadores do Nordeste e três senadores.

VEJA TAMBÉM:

• Governadores e senadores barrados na visita a Lula, deixam carta para o presidiário


O governador do Maranhão Flávio Dino (PC do B) afirmou nesta terça-feira, 10, que os dez chefes de Executivos estaduais também deixaram carta em apoio ao ex-presidente. A juíza da Vara de Execuções Penais de Curitiba,Carolina Moura Lebbos, negou pedido para a realização do encontro na Sala Especial em que o petista cumpre pena de 12 anos e um mês no caso triplex desde sábado, 7.

Dino falou em vídeo transmitido pela página de Facebook do ex-presidente.



Em seu despacho, a juíza federal substituta Carolina Moura Lebbos disse que "não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal. Desse modo, deverá ser observado o regramento geral. Portanto, incabível a visitação das pessoas indicadas na petição". 

A juíza Carolina reafirmou o despacho do juiz Sérgio Moro, que autoriza apenas a entrada de adovagos envolvidos no caso e de parentes de primeiro grau, a fim de não inviabilizar o adequado funcionamento da repartição pública, também não se justificando novos privilégios em relação aos demais condenados".


Nenhum comentário