Últimas

Ex-jogador Romário teria recebido R$ 3 milhões para apoiar Pezão no RJ


Na campanha de 2014, Hudson Braga, operador e delator do esquema do PMDB revelou à Lava-Jato que pagou 3 milhões ao senador Romário, para que ele desistisse da candidatura ao governo do Rio em 2014, e apoiasse o atual governador Luiz Fernando Pezão. 
 (Reprodução/Reprodução)
O encontro do delator com o baixinho aconteceu em uma sala de reunião do Hotel Othon, na avenida Lucio Costa.
Além do apoio, a reunião tratou também uma agenda de eventos, incluindo entrevista coletiva, gravações de apoio e carreata.
O pagamento teria sido feito em espécie, por pessoa indicada pelo senador. Para quitar a dívida, foram realizados em parcelas de 800 mil reais, 50 mil e 850 mil.
Luiz Carlos Oliveira, Marcilio Bezerra ou Reginaldo Moreira realizavam o pagamento a Sergio Barcelos, homem indicado por Romário, em Botafogo.


Por Coluna Radar - VEJA


Nenhum comentário