Últimas

Cármen Lúcia marca julgamento da restrição do foro privilegiado



A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, marcou para o dia 2 de maio a retomada do julgamento que deve restringir o foro especial por prerrogativa de função, chamado “foro privilegiado”. Oito ministros já votaram por restringir o foro a parlamentares federais e somente quando o crime investigado tiver sido cometido durante o mandato e em função dele. O ministro Dias Toffoli, que havia pedido vistas, liberou o voto para o julgamento em 27 de março.

Nenhum comentário