Últimas

152 mil beneficiários do INSS foram convocados para verificar inconsistências



Mais de 152 mil pessoas que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez são convocadas para revisão de benefícios por incapacidade do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

De acordo com o INSS, os convocados não foram encontrados por inconsistências no endereço ou receberam a carta, mas não agendaram a perícia no prazo determinado. Essas pessoas têm até 4 de maio para agendar a perícia no telefone 135. Se não agendarem, o pagamento do benefício ficará suspenso até regularização — que deve ser feita em até 60 dias após a suspensão ou o benefício será cortado de vez.

Pente-fino – Para reduzir fraudes e conceder os benefícios aos brasileiros que realmente precisam, outras 94 mil pessoas foram convocadas em 23 de março para retificar inconsistências. Dessas, apenas 10 mil agendaram as perícias até 10 de abril. O prazo para que esses beneficiários entrem em contato com o INSS termina nesta sexta-feira (13).


Nenhum comentário