Últimas

VÍDEO: Delegado Thiago Bardal e advogado são presos suspeitos de integrar quadrilha de contrabando




A Justiça do Maranhão decretou a prisão preventiva do delegado Thiago Bardal, na sexta-feira (2), suspeito de integrar organização criminosa de contrabando, e do advogado Ricardo Jefferson Muniz Belo, o qual estava com o delegado nas proximidades do local do crime.
 



Segundo informações do secretário de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, a polícia já executou os mandados de prisão, sendo que o delegado Thiago Bardal recebeu voz de prisão assim que terminou de prestar depoimento na Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção (Seccor). O advogado Ricardo Jefferson Muniz Belo foi preso em casa e encaminhado para o presídio de Pedrinhas.

Ele está na unidade prisional reservada a integrante da Polícia Civil, que fica localizada ao lado da Delegacia da Cidade Operária. Sobre o andamento das investigações, o secretário Jefferson Portela afirmou que a Polícia Civil vai continuar a investigar o envolvimento de qualquer servidor ou alguém da iniciativa privada nessa organização criminosa.

As prisões foram decretadas pelo juiz Ronaldo Maciel, da 1ª Vara Criminal, especializada em combate ao crime organizado, atendendo a um pedido da SSP.










Nenhum comentário