Últimas

Presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski, renuncia o cargo


O presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski apresentou seu pedido de renúncia ao Congresso após alegações de compra de votos atingirem seu partido de centro-direita às vésperas de uma votação pelo impeachment do mandatário.

Em um pronunciamento oficial transmitido pela televisão, o agora ex-presidente afirmou que a decisão foi tomada devido ao “clima de ingovernabilidade” que “não permite avançar”.



Em um vídeo gravado no Palácio de Governo no qual apareceu escoltado por todo o Executivo, o presidente denunciou a “grave distorção do processo político” causada pela divulgação de vídeos e áudios nas últimas horas que faziam-no “injustamente parecer como culpado de atos” nos quais não tinha participado e que, por isso, “o melhor para o país é que renuncie à presidência”.

Os vídeos citados por Kuczynski mostram o congressista Kenji Fujimori e seus aliados tentando comprar o apoio de congressistas para que votassem contra uma moção de destituição que corria contra o presidente no Legislativo.

O cargo deve ser assumido pelo primeiro vice-presidente, Martín Vizcarra, que atualmente é embaixador peruano no Canadá.

(Com Reuters e EFE).





Nenhum comentário