Últimas

Presidência poderá gastar até R$ 308 mil com arranjos de flores

As flores também serão usadas para decorar espaços tais como o gabinete presidencial e residências oficiais em que serão recebidas autoridades nacionais e internacionais.


A Presidência da República convocou um edital para a compra de flores nobres em que prevê gastos de R$ 308.495,00.

O aviso de licitação foi publicado no DOU (Diário Oficial da União) em 5 de março deste ano e a licitação teve início às 9h30 da última segunda-feira (19). Antes da licitação da Presidência, o Senado também fez compras de flores em que previa gastos de até R$ 15,3 mil.

No pregão do Planalto, vence a empresa que oferecer o menor preço para fornecimento e manutenção das flores nobres, tropicais, de campo e de Natal, que serão usadas em eventos com a presença de Michel Temer. As flores também serão usadas para decorar espaços tais como o gabinete presidencial e residências oficiais em que serão recebidas autoridades nacionais e internacionais. Até o momento, a empresa que está vencendo a concorrência deu um lance de R$ 193.661,8083.

Na lista há, por exemplo, três árvores de Natal no valor de R$ 5.700, 15 arranjos natalinos com bolas coloridas, gnomos e velas, além de 32 coroas fúnebres (R$ 26 mil). O valor total, segundo o edital de licitação, inclui a manutenção das flores.


A notícia boa é que pelo menos vai fazer a economia girar, desde que não gire para o mesmo ralo da corrupção.




Nenhum comentário