Últimas

Flávio Rocha da Riachuelo se lança pelo PRB como pré-candidato à Presidência


O mais provável é que o empresário que tem relações estreitas com o MBL, entre no PRB, sigla ligada à Igreja Universal.




O dono da Riachuelo, Flávio Rocha, ligado ao MBL, deve anunciar em 2 de abril, segunda-feira que vem, o partido pelo qual pretende concorrer à Presidência. 

O mais provável é que o empresário, evangélico que frequenta a igreja Sara Nossa Terra, entre no PRB, sigla ligada à Igreja Universal.


Conservadores que votam em Bolsonaro, o candidato de Direita, dizem que Flávio Rocha usa o discurso de cristão conservador nos costumes e liberal na economia, para atrair os mais desavisados sobre as suas verdadeira intenções. E que se fosse de direita, apoiaria o único representante que há anos luta sozinho contra o sistema socialista comunista, denunciando seus crimes e não estaria contra ele.

Empresário Flavio Rocha, dono das Lojas Riachuelo, foi alvo de uma nota ácida do colunista Ancelmo Gois. 

Segundo o jornalista, mesmo tendo pego R$ 60 milhões em empréstimos junto ao BNDES durante os governos do PT entre 2010 e 2013, Rocha vem criticando duramente o que considera ser o "uso criminoso do banco"; presidente do BNDES, Paulo Rabelo de Castro, estuda a possibilidade de processar o empresário

Flávio Rocha é filho do potiguar Nevaldo Rocha, fundador e dono do Grupo Guararapes, que controla a Midway Financeira, o shopping Midway Mall e o Teatro Riachuelo, ambos em Natal, além das Lojas Riachuelo. Nevaldo tem fortuna estimada em US$ 2,4 bilhões (R$ 7,99 bilhões) e atualmente é o 20º homem mais rico do Brasil e 1.020º do mundo, de acordo com o ranking da revista norte-americana Forbes.

O certo é de que o brasileiro está cansado de "mais do mesmo". De empresários e gente que tem ligações espúrias com os governos que arrastaram o Brasil para a lama nos fazendo chegar ao caos em que o país se encontra.






Nenhum comentário