Últimas

Esposas de militares emitem nota de repúdio contra agressão de Cabo Campos à esposa

A Associação das Esposas, Familiares e Amigos dos Policiais e Bombeiros Militares do Maranhão(ASEFABPM-MA) emitiu nota de repudiou às agressões cometidas pelo deputado estadual Cabo Campos contra sua esposa Maria José Brandão Marques Campos.

 A agressão foi confirmada pela procuradora da Mulher da Assembleia Legislativa do Maranhão, a deputada estadual Valéria Macedo, na última segunda-feira (26).

O agressor foi enquadrado na Lei Maria da Penha por 90 dias de medidas protetivas, após determinação da juíza da 2ª Vara Especial de Violência Doméstica, Lúcia Helena Barros Helluy.

A associação pede que sejam tomadas todas as providências necessárias para resolver o caso. 
Declaramos apoio incondicional a todas às mulheres vítimas de violência doméstica, principalmente as esposas de policiais militares, sendo que as leis foram criadas para todos os cidadãos, não é porque fulano ou sicrano, são do judiciário, legislativo ou executivo, que estão acima da lei”.
O Cabo Campos até gravou um video tentando se defender das acusações, negando a violência doméstica e alegando perseguição política. 

Uma das possíveis conseqüências pode ser a perda de mandato.



Nenhum comentário