Últimas

Candidatos ao Enem terão de justificar ausência para continuar tendo isenção


Quem não justificar a ausência do Enem 2017 deverá pagar o valor da taxa de inscrição, que foi mantida neste ano em R$ 82.


Os participantes que tiveram isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado e que faltaram às provas terão que justificar a ausência para fazer o Enem de 2018 sem pagar a taxa. 

A ausência deve ser comprovada por meio de documentos oficiais, como atestado médico que comprove doença que impeça a locomoção do candidato, atestado de óbito de familiares ou boletim de ocorrência.

Neste ano, a solicitação de isenção será feita antes do período de inscrição, entre os dias 2 e 11 de abril.



O participante que não apresentar justificativa de ausência no Enem 2017 ou tiver a justificativa reprovada após recurso e quiser se inscrever no Enem 2018 deverá pagar o valor da taxa de inscrição, que foi mantida neste ano em R$ 82.

A exigência foi adotada por causa dos prejuízos que o exame vem registrando nos últimos anos aos cofres públicos. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as últimas cinco edições do Enem representaram um prejuízo de R$ 962 milhões com participantes que se inscreveram e não compareceram às provas.

 “Não podemos permitir que continue uma evasão enorme com desperdício de recursos públicos”, disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.







Nenhum comentário