Últimas

PGR cancela acordo de delação premiada de Wesley Batista por omissão de fatos criminosos




PGR informou que decidiu rescindir os acordos de colaboração premiada de Wesley Batista e do diretor jurídico da J&F, Francisco de Assis e Silva.

A providência foi tomada no âmbito de um procedimento administrativo e é decorrente da constatação de que, assim como Joesley Batista e Ricardo Saud –que já tiveram os acordos rescindidos–, os dois descumpriram os termos da colaboração ao omitirem, de forma intencional, fatos criminosos dos quais tinham conhecimento no momento do fechamento dos acordos firmados com o Ministério Público Federal”, escreveu Raquel Dodge. 

A rescisão significa que Wesley e Assis perdem os benefícios negociados, mas não invalida as provas que eles tiverem apresentado. A decisão de Dodge foi enviada ao STF para homologação. 





Nenhum comentário