-->

A missão espacial que pretende limpar o lixo ao redor da terra



 
A missão espacial RemoveDebris, programada para 2018, pretende limpar o lixo que está em volta da terra.
 A nave espacial vai usar um harpão e uma rede para remover os detritos que orbitam ao redor da Terra. Ao todo, são 500 mil artigos dos mais variados tamanhos que, juntos, somam 7,5 mil toneladas.

Segundo a Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), existem aproximadamente 370 mil fragmentos de lixo e equipamentos espaciais orbitando a Terra a velocidades de até 35 mil quilômetros por hora. Destes, apenas 22 mil são possivelmente identificáveis e monitoráveis. Grande parte do total trata-se de detrito espacial, já sem uso.




Repleta de equipamentos criados e lançados ao espaço desde 1954 pelo homem, a imagem faz pensar se em breve já não será difícil que um foguete ou uma espaçonave decolem rumo ao espaço sem colidir contra um desses objetos. Há desde pedaços de rocha a naves espaciais aposentadas, passando por itens que os astronautas deixaram para trás. 

 Os detritos seriam destruídos ao cruzarem a atmosfera da Terra. O lixo espacial representa um sério risco. Recentemente, um pequeno detrito causou uma rachadura na Estação Espacial Internacional. Maior do que um ônibus, um satélite europeu que parou de funcionar em 2012, permanece em órbita e ameaça outros em seu caminho. 

O desenvolvimento da missão custou US$ 20 milhões e a nave será lançada em 2018.

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.