Últimas

75% dos brasileiros vão comprar presentes para o Dia das Crianças


O Dia das Crianças vai levar 75% dos brasileiros às compras. Neste ano, o gasto médio será de 194 reais (confira aqui presentes de até 100 reais). Os dados são da pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Entre os que vão comprar presentes, 27% possuem ao menos uma conta em atraso e outros 25% estão com o nome negativado. Apesar do endividamento, 32% dos entrevistados pretendem gastar o mesmo valor que no ano passado (cerca de 222 reais) e 27% têm a intenção de gastar menos. Apenas 17% dos consumidores devem gastar mais em 2017 do que em 2016.

A maioria dos consumidores (77%) pretende fazer pesquisa de preços antes de adquirir os produtos. Os itens mais procuradores serão os bonecos e bonecas (31%), roupas e calçados (22%), aviões e carrinhos (9%), jogos educativos e de tabuleiro (8%), bicicletas, skate e patinetes (5%), bolas (5%) e doces (3%). Presentes mais caros como videogames, por exemplo, serão adquiridos por apenas 2% da amostra. 

O pagamento será realizado à vista por 61% dos consumidores, outros 21% vão dar preferência ao cartão de crédito. Neste ano, 44% dos entrevistados afirmam que as crianças devem ganhar apenas um presente. Entre os que vão frear os gastos para a data comemorativa, 34% precisam economizar. Outras razões citadas são as dificuldades no orçamento (32%) e o aumento dos preços e a economia do país ainda instável (21%). Outros 10% não vão comprar presentes porque tiveram redução salarial e 6% estão desempregados.

 A percepção de que os presentes estão mais caros neste ano é compartilhada por 55% dos entrevistados, a crise econômica é mencionada como o motivo para a alta nos preços por 71% dos consumidores. A maior parte dos entrevistados (74%) vão pagar o presente sozinhos, mas 19% vão dividir o valor total com outras pessoas. A estratégia ajuda a diminuir os gastos (32%) e viabilizar a compra de um presente mais caro (23%). 

Neste ano, as lojas de rua (26%) serão o local de preferência para fazer a compra. Os shoppings centers foram citados por 23% dos consumidores. Os fatores que mais influenciam nesta escolha são o preço (61%), a qualidade do produto (36%) e a diversidade das opções ofertadas (29%). O Dia das Crianças deve movimentar 9,7 bilhões de reais no comércio. A data comemorativa também serve como um termômetro para as compras de Natal.

VEJA

Nenhum comentário