-->

Corregedoria quer analisar "excessos de tiros" em ação policial que matou dez criminosos no Morumbi


Na ação policial que frustrou um roubo a residência na região do Morumbi, os dez criminosos mortos foram atingidos por 139 tiros no total. Só um deles foi baleado 33 vezes. Outro levou 27 disparos. Os tiros também deixaram marcas nos muros das casas, em portões, janelas e em carros de moradores estacionados naquela rua residencial.

Essa quantidade de disparos e as circunstâncias em que os criminosos foram mortos levaram a Ouvidoria da Polícia a requisitar investigação –da Corregedoria e da Promotoria– para apurar se houve algum tipo de irregularidade na atuação das equipes.

VEJA TAMBÉM:

• Mulheres de criminosos mortos pela polícia no Morumbi são detidas com R$ 40 mil



Apenas um dos criminosos levou um único tiro –na nuca. Os demais foram baleados diversas vezes pela polícia. O ouvidor Julio Cesar Fernandes Neves diz que a quantidade de tiros "chama a atenção de qualquer leigo". "Precisa ser bem analisado."

Outro questionamento tem como base ponderações do coronel da reserva José Vicente da Silva sobre a morte de parte dos ladrões dentro de carros com lataria e vidro blindados. Além disso, ele levantou dúvidas sobre como os ladrões teriam conseguido atirar de dentro desses veículos.

Neves disse que essa é a maior quantidade de mortos já registrada pela Ouvidoria de São Paulo em uma intervenção da Polícia Civil. No ano passado inteiro, houve 14 mortos por agentes da instituição. Neste ano, no primeiro semestre, foram 19.

"Eu torço para que a intervenção tenha sido legítima. Vamos aguardar a apuração desses detalhes para termos essa certeza", afirmou.

As perguntas a serem feita ao Sr. Julio Cesar Fernandes são se ele estaria preocupado com o "excesso de tiros" por parte da policia com os bandidos, se eles estivessem tentando entrar em sua casa para assaltar e fazer o mal a sua família?!

A polícia deveria estar mais preocupada em evitar roubo e até possivelmente a morte da família que teria a residência assaltada, ou com a quantidade de tiros a ser dada em 10 criminosos fortemente armados?

Com informações da Folha de São Paulo - Cotidiano

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.