-->

Carros elétricos no Brasil só daqui há 15 ou 20 anos, diz Volkswagen


RESUMO DE NOTÍCIAS - Embora a Volkswagen tenha anunciado guinada histórica na Europa, concentrando os gastos em pesquisa e desenvolvimento de carros elétricos, no Brasil a marca vai focar nos tradicionais motores flex a combustão, uma vez que o país não tem política de incentivo a carros alternativos.

Para o presidente da marca no Brasil, a situação só deve começar a ficar favorável a carros elétricos no país em 15 ou 20 anos.

Em entrevista concedida a jornalistas durante anúncio de investimentos de R$ 2,6 bilhões na fábrica de São Bernardo do Campo (SP), para produzir a nova geração do Polo e o sedã Virtus, o presidente da marca no Brasil, David Powels, afirmou que não vê elétricos ganhando relevância no país a curto prazo.

Na visão do executivo há problemas no Brasil como corrupção, o que gera falta de infraestrutura, oferta de energia elétrica e ainda altos impostos.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.