-->

Assassino diz que "amor não correspondido" foi o motivo da morte de Mariana Costa



O empresário Lucas Porto confessou, nesta terça-feira, 15, ter matado a cunhada, a publicitária Mariana Costa, sobrinha-neta do Sarney, por asfixia na tarde desse domingo, 13. O crime foi movtivado por "amor não correrspondido" por parte de Mariana.


De acordo com o Delegado Geral do Estado, Lawrence Melo, Mariana foi encontrada com um travesseiro sobre o rosto, e sem roupas, em sua cama. Segundo o secretário de Segurança Pública, Jeferson Portela, a confissão de Porto deixa o caso apenas mais delicado em relação à memória da vítima e os sentimentos da família, "mas não altera em nada a investigação que já vinha acontecendo, uma vez que ele ser o autor do crime já havia sido comprovado" pela investigação.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.